SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO “CORPUS CHRISTI”

Esta Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, situada entre as festas importantes do Tempo Comum, tempo litúrgico que retomamos a cada ano após o Tempo Pascal que foi encerrado solenemente com Pentecostes.  A Igreja plenamente iluminada pelo Espírito Santo, reconhece, adora e louva ao seu Senhor Deus, que se manifestou agindo na história como Comunhão de Amor: Pai, Filho e Espírito Santo.

É o Espírito Santo que hoje nos mantem firmes na dinâmica amorosa de Deus, e entre as suas tantas obras, a mais importante: Manter viva a presença do Salvador Jesus: sua vida, sua Palavra, seu Projeto, sua Pascoa. Quando a Igreja , seguindo o mandato do Senhor Jesus “Fazei isto em minha memória”, celebra a Eucaristia, é o Espírito Santo que torna presente toda a vida e obra de Jesus no meio do seu povo e em seu grande amor faz comunhão com cada membro, alimentando-nos para a vida e tornando-nos parte de seu Corpo que se oferece ao Pai, e nos converte assim em alimento que sacia a sede e a fome dos homens e mulheres de hoje, especialmente dos prediletos de seu coração os mais pobres, desvalidos, excluídos, os que sofrem por causa das injustiças deste mundo e que não deixam que o mundo seja o Reino que com a Encarnação do Filho começou a se desenvolver no meio de nós, mas que apesar de tanta oposição, igualmente vai crescendo, as vezes sem nós tomar conta. Vai crescendo pelas mãos e o serviço dos que celebram e se alimentam da Eucaristia, transformados por ela também em pão de vida. Nada podemos fazer sem Ele, nenhum bem flui de nós para fortalecer a vida do outro…

Em meio a pandemia todos clamamos a Deus, especialmente ouve Deus o clamor dos pobres e entre eles, segundo nos tem dito o nosso Papa Francisco, clama como um pobre a natureza…a terra, a água, a floresta, o ar.…tudo o que nos foi dado para o bem da nossa vida…hoje está sofrendo pelo nosso próprio descuido…os homens não cuidamos da nossa Casa Comum e estamos fazendo sofrer ela. Na Encíclica Laudato Si, o santo padre abre os nossos olhos para ver a realidade triste do que estamos fazendo, é claro uns mais do que outros…uma exploração desequilibrada, as vezes não só para tirar dela o suficiente para o bem-estar de todos, senão movida por outros interesses egoístas e econômicos.

Portanto, sabemos que os que fazemos comunhão com O Senhor na Eucaristia somos transformados e cheios de seu amor e somos enviados para amar aos pobres e hoje não podemos esquecer que a nossa casa comum está se tornando pobre e está sofrendo, pelo que claramente somos chamados a amá-la e cuidá-la sempre.  E sobretudo, temos que fazer tomar consciência a todos desta missão de amor com o que nos foi dado para que a vida humana se desenvolva feliz segundo a Vontade do Criador.

Aqui no Santuário do Coração Eucarístico de Jesus, nos preparamos para Corpus Christi, realizando o Tríduo de Adoração: Eucaristia e Ecologia Integral.

 

                                                  Congregação do Santíssimo Sacramento 

                                                   Província Nossa Senhora de Guadalupe 

                                                         ARGENTINA – BRASIL – CHILE

 

                           TRÍDUO EM PREPARAÇÃO PARA A FESTA DE CORPUS CHRISTI

                                     Tema: Eucaristia e Ecologia Integral

                                  Primeiro dia: Segunda, dia 08 de junho 2020

                                            Live: Encontro Eco- Eucaristia.

                                  Segundo dia: Terça-feira, dia 09 de junho 2020

                                               Tema: Adoração Eucarística.

                                 Terceiro dia: Quarta, 10 de junho 2020

                                           Tema: Lucernário –  Celebração das luzes

LOUVADO SEJA JESUS CRISTO PRESENTE NA EUCARISTIA!!

 Pe Alejandro Fabio SSS