Pastoral da Pessoa Idosa – 15 anos presente em nossa diocese

 

A Pastoral da Pessoa Idosa, Organismo vinculado à CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, fundada em 05 de novembro de 2004, tem por objetivo formar redes de solidariedade humana, fortalecendo o tecido social e contribuindo para melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas na família, buscando a compreensão de todas as dimensões do envelhecimento (física, psicológica, social e espiritual), gerando uma cultura de cuidado do ser humano em sua plenitude.

Objetivo

A Pastoral da Pessoa Idosa tem por objetivo assegurar a dignidade e a valorização integral das pessoas idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos, num processo educativo de formação continuada destas, de suas famílias e de suas comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político, para que as famílias e as comunidades possam conviver respeitosamente com as pessoas idosas, protagonistas de sua autorrealização, por meio das seguintes atividades:

  • Promover o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual, cognitivo e cultural dos idosos.
  • Promover o respeito à dignidade e à cidadania das pessoas idosas, colaborando para a divulgação e implementação do Estatuto do Idoso – Lei nº. 10.741, de 1º de outubro de 2003.
  • Promover o convívio das pessoas idosas com as demais gerações, estimulando uma velhice ativa e buscando uma longevidade digna.
  • Estimular e respeitar a espiritualidade das pessoas idosas.
  • Valorizar a história de vida, as experiências, o ser biográfico, a sabedoria adquirida ao longo da vida de cada pessoa idosa, respeitando-a como guardiã da memória coletiva.
  • Capacitar agentes de pastoral para o acompanhamento das pessoas idosas nas visitas domiciliares e nas outras atividades complementares afins.
  • Organizar redes de solidariedade humana nas comunidades e nos diferentes níveis para promover o bem-estar dos idosos.
  • Incentivar a criação e participação nos conselhos de direitos do idoso em todos os níveis.
  • Realizar parcerias, somando esforços com outras pastorais, comunidade científica, associações de geriatria e gerontologia, organizações de defesa dos direitos dos idosos, de assistência social e outras entidades afins.
  • Manter um sistema de informação sobre a situação das pessoas acompanhadas.
  • Democratizar notícias e informações sobre os idosos nos meios de comunicação social.
  • Promover esclarecimentos sobre os preconceitos contra as pessoas idosas, a fim de que sejam superados.
  • Somar esforços com iniciativas de educação continuada para cuidadores de idosos.
  • Valorizar a vida até sua fase final, apoiando os programas de cuidados paliativos, que assegurem o caráter espiritual da existência humana.

Nessa semana, entre os dias 21 e 25 de outubro, comemora-se a 3° Semana do Idoso, promovida pelo Conselho Municipal do Idoso.

Membros da Pastoral da Pessoa Idosa estiveram presentes, oportunidade em que comemoraram os 15 anos de implantação da Pastoral do Idoso em nossa diocese.