Missa 40 anos de ordenação sacerdotal de Dom Paulo é celebrada na Catedral em Caratinga

No  dia 8 de dezembro de 2019, o arcebispo metropolitano de Uberaba, Dom Paulo Mendes Peixoto , comemorou 40 anos de ordenação sacerdotal.

O pastor foi ordenado padre aos 28 anos de idade, em 8 de dezembro de 1979, na Catedral de Caratinga (MG), pelas mãos de Dom Hélio Gonçalves Heleno, então bispo de Caratinga, onde nesse ultimo dia 04 de janeiro de 2020, sábado, Dom Paulo veio mais uma vez render graças a Deus pelo seu pastoreio.

 

Uma celebração regada de emoções onde participaram Pe. Moacir Ramos Nogueira, pároco da Catedral, Pe. Humberto Borelli, pároco emérito da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Monsenhor Raul Motta de Oliveira, pároco eméritio da Catedral, Pe. Márcio Antônio Pacheco, SDN, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho, Bom Despacho , MG e Pe. Heleno Raimundo Silva, SDN, pároco da Paróquia Bom Pastor, Manhuaçu, MG.

 

Os paroquianos da Catedral recordaram com precisão todos os momentos vividos por Dom Paulo durante os 40 anos de vida sacerdotal. Dando ênfase as suas qualidades como pastor.

 

A procissão das ofertas foi lembrada cada uma das pastorais as quais Dom Paulo acompanhou de perto. A Pastoral da Criança, a qual Dom Paulo é bispo referencial esteve presente com um número significativo de agentes, dentre eles a Coordenadora Diocesana e a Coordenadora Estadual.

Ao final da celebração crianças representaram em forma de teatro desde o nascimento até a ordenação de Dom Paulo, momento que a emoção falou mais forte. a pequena Letícia declamou um poema e o homenageado foi agraciado com um bolo e o tradicional parabéns.

Pe. Moacir, Pe. Marcio SDN e Mons. Raul renderam homenagens a Dom Paulo.

Após a missa todos os fiéis se dirigiram até o 5º andar do Centro de Pastoral da Catedral onde as homenagens continuaram. Dom Paulo relembrou com carinho a pessoa de Pe. Othon.

Pe. Agrimaldo , vigário da Catedral que celebrou em uma das comunidades, marcou presença, na confraternização.

Uma deliciosa torta com refrigerante foi servida a todos. Em sua simplicidade Dom Paulo fez questão de abraçar a cada um que veio de perto e de longe para homenageá-lo.