“IN HOC SIGNO VINCES” – Com este sinal vencerás.

A Cruz é sinal do cristão. Sinal de vitória e de libertação. O mês de maio é marcado em MG por diversas homenagens e rituais devocionais. O Dia de Santa Cruz é, tradicionalmente, celebrado em muitas famílias em todo o estado. O Dia de Santa Cruz é uma tradição portuguesa. A festa principal acontece em 03 de maio – dia em que Santa Helena apresentou a Diocleciano a cruz em que Jesus Cristo foi crucificado.
Ainda hoje, no dia 03 de maio, comemora-se o Dia de Santa Cruz. Enfeitam-se os cruzeiros e as cruzes menores com papéis coloridos e flores. Essas cruzes ficam nas portas das casas, nas porteiras, na beira das estradas.
Os devotos acreditam que Nossa Senhora visita, no dia 03 de maio, todo lugar que tiver uma cruz enfeitada. Por isso, enfeita-se as cruzes já no dia anterior e, na madrugada do dia 03, uma tradição religiosa é renovada. Para os católicos, tudo se resume na cruz. A cruz da vida, a cruz da salvação, a cruz do sofrimento e a cruz da ressurreição de Cristo. “Com este sinal vencerás!” Daí surgiu o costume, passado de geração em geração, de traçar o sinal da cruz em si, ao passar em frente das Igrejas ou oratórios, sempre se benzendo com o sinal da vitória de Cristo. O sinal do cristão.
Quem é a nossa maior força? Não é Jesus Cristo? Ele não morreu por nós na cruz? Então, a cruz tem que ser muito enfeitada mesmo.
Nesse tempo atípico que vivemos, vamos ensinar os costumes simples para as novas gerações. É tempo de viver a espiritualidade da cruz e resgatar a confiança nesse sinal: por ele, juntos, venceremos! Chegando o dia da Santa Cruz, enfeite sua cruz. Coloque em seu portão, em sua casa. Mas, principalmente, não nos esqueçamos deste sinal da Vitória. A Cruz Sagrada seja nossa luz. Não percamos a esperança!

Evandro Pádua