Homenagem a Padre Nelito

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus! Como diz o ditado, a única certeza que podemos ter na vida é a morte. Mas, mesmo com toda essa certeza, nunca estamos preparados para ela. Este dia 4 de fevereiro amanheceu mais triste: recebemos, logo cedinho, a triste notícia de que a Covid-19 tinha feito mais uma vítima: ela nos levou Padre Nelito Dornelas! Ela, que escancarou ao mundo as fragilidades do povo humilde e que sofre pela falta de infraestrutura básica, levou um missionário, que não se calava, diante das dores do povo! Padre Nelito tinha uma alegria estampada no rosto, que irradiava a quem quer que o conhecesse. Sabia ser conciliador, ouvia e entendia, tinha a verdadeira Alegria do Evangelho. Podemos dizer que praticava a Evangelii Gaudium todos os dias! Li, em um artigo escrito por Frei Éderson Queiroz, sobre padre Nelito, que dizia: “Uma vez Fratelli Tutti, sempre Fratelli Tutti!”. Então pensei: Ele era exatamente as duas: Evangelii Gaudium e Fratelli Tutti encarnadas em um único ser! Pertencia ao clero da Diocese de Governador Valadares, mas, como Frei Éderson mesmo disse: “Era um cidadão do universo”: apelido carinhoso, dado por Dom José Heleno, Bispo Emérito de Governador Valadares. E acrescentou: “Tinha uma alma de peregrino, uma necessidade de sair de si mesmo e de ir ao encontro… Encontro com quem? Encontro com pessoas, com os pobres, marginalizados, doentes, descartados pela sociedade, Governos e Igrejas. Amava visceralmente os movimentos populares, sindicais, políticos, organizações não governamentais, pastorais sociais. Tudo que cheirava povo, pobres, pequenos”. Assim o descreveu o site do Jornal “O Lutador”: “Em seu ministério, Padre Nelito destacava-se por sua alegria esperançosa, com a qual motivava a todos a olhar para além das dificuldades e dos limites da situação histórico-social. Com entusiasmo, comunicava fé e esperança, apostando em uma Igreja popular, comprometida com a defesa da vida e em constante atitude missionária. Alegria, entusiasmo e profecia resumem a sua caminhada ministerial a serviço da vida e da esperança (…). Um “Padre do povo”, assim podemos carinhosamente nos reportar ao Padre Nelito. Ele era entusiasmado com a caminhada das Comunidades, um comprometido assessor das CEBs, e empenhado articulador dos Encontros Intereclesiais, a nível diocesano e nacional. Sua alegria missionária, seu empenho pastoral, seu engajamento social permanecerão como um testemunho para as CEBs e para toda a Igreja”. “A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria” (EG 1). A Equipe do Roteiro para os Grupos de Reflexão, na pessoa de Monsenhor Raul Motta de Oliveira, e toda a Diocese de Caratinga se solidarizam com a Diocese de Governador Valadares e com os familiares do Padre Nelito Dornelas. Vá em paz, Padre Nelito! Que o Senhor Jesus o receba na eternidade! E o senhor interceda por nós, junto a Ele, para que a chama da Alegria de Evangelizar nunca se apague, em nossos corações! Caratinga, 4 de fevereiro de 2021.   Colaboração – Monsenhor Raul  e  Alba Soares  

Receba nossa NewsLetter

Entre em contato

Deixe uma dúvida ou sugestão