CPD

O Conselho Pastoral Diocesano de Caratinga foi instituído aos 26 de junho de 1977, seguindo as exigências da Igreja (Christus Dominus, n. 27), e do atual Cânon 511, do Código de Direito Canônico. É convocado pelo Bispo Diocesano, tendo por finalidade:

  1. Examinar e avaliar as atividades pastorais da diocese e propor conclusões práticas sobre elas; e
  2. Preparar e rever as Assembleias Diocesanas de Pastoral.

São membros do Conselho Pastoral Diocesano, além do Bispo Diocesano: o Coordenador Diocesano de Pastoral, o Vigário Geral, o Reitor do Seminário Diocesano, os Vigários Forâneos, os Superiores dos Institutos Religiosos residentes na Diocese e os Representantes das Pastorais, designados de acordo com o Bispo Diocesano.

O Conselho Pastoral Diocesano reúne-se ordinariamente quatro vezes por ano e, extraordinariamente, por convocação do Bispo Diocesano. Tem voto somente consultivo e é presidido pelo Bispo Diocesano, a quem cabe também publicar o que for nele decidido. O número de seus membros costuma ser em torno de trinta pessoas.