Comunidade Nossa Senhora das Graças se despedem das Monjas Concepcionistas

As monjas vivem uma rotina dedicada à orações e louvores que são realizados várias vezes ao dia. Elas vivem enclausuradas e só saem do local em casos extremos, como por exemplo, para cuidar da saúde. Até mesmo nas missas diárias não têm acesso ao mesmo local dos fiéis.

Atualmente o Mosteiro conta com apenas quatro irmãs, com capacidade para abrigar o total de 15. A mais velha, Irmã Maria dos Anjos Vieira, tem 85 anos de idade. Com essa realidade o fechamento do Mosteiro é uma realidade que nos entristece.

A Diocese de Caratinga se esforçou para manter o Mosteiro Nossa Senhora do Rosário e São José, de portas abertas. O envelhecimento das Monjas Concepcionistas e a queda das vocações é uma realidade em todo o mundo e em Caratinga não é diferente.

Com emoção a Comunidade Nossa Senhora das Graças organizou na manhã desse domingo uma despedida as Monjas Concepcionistas. Monsenhor Raul Motta de Oliveira, como de costume presidiu a celebração regada de emoções. As freiras receberam o carinho da comunidade e logo após a missa participaram de um café partilhado.

Fotos= Harold Wilson Soares