Aos Sacerdotes, Diáconos, Animadores de Comunidade, Ministros da Palavra, Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, Agentes de Pastoral e ao estimado povo de Deus da Diocese de Caratinga,

“Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10) 

Considerando propagação do novo coronavírus em todo o Brasil, vindo a alcançar também diversas cidades de nossa região, unido à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, venho, por meio desta Circular, recomendar a observância das seguintes orientações, com vistas à prevenção e aos cuidados no combate ao vírus:

1 – Suspender, nas Foranias e Paróquias, por tempo indeterminado, a catequese e a realização de encontros, assembleias, seminários e outros eventos que contribuam para aglomerar pessoas. Havendo possibilidade, remarcar atividades já previstas;

2 – Redobrar, nas comunidades de fé, por ocasião das Missas e das Liturgias comunitárias, os cuidados com a limpeza, facilitando que os fiéis tenham acesso ao álcool em gel;

3 – Desobrigar idosos e enfermos do compromisso cristão católico de participar das Missas semanais. Poderão permanecer em comunhão e unidos à comunidade de fé a partir das celebrações transmitidas pelos diversos meios de comunicação social;

4 – Organizar, quando possível, as celebrações em espaços abertos, especialmente as que reúnem mais pessoas, e manter as Igrejas mais arejadas;

5 – Observar, ao menos durante este período, as instruções sanitárias para se receber a Sagrada Comunhão nas mãos, suspender o abraço da paz e não se dar as mãos na oração do Pai-Nosso;

6 – Seguir as recomendações do Ministério da Saúde, mantendo bons hábitos de higiene, colaborando para a superação do vírus;

7 – Conservar a cautela para não se compartilhar notícias falsas. A mentira, além de prejudicar o enfrentamento da doença, gera pânico, agravando a situação.

Por fim, peço a todos que intensifiquem, de modos possíveis, os momentos de oração a Deus para que nos livre deste mal e de tantos outros que atentam contra a vida. Supliquemos a Deus, Pai Misericordioso, que fortaleça todos os profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate a essa terrível ameaça.

Que Deus nos abençoe e nos preserve de todos os males.

Dom Emanuel Messias de Oliveira

Bispo Diocesano