Morre irmã Anayde, uma da primeiras Irmãs Gracianas

Autor Claudio Geraldo | Data 27 de junho de 2018



Faleceu na manhã desta quarta-feira, 27 de junho, em Belo Horizonte, a irmã Anayde Lopes de Faria, do Instituto das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora das Graças – Irmãs Gracianas.

 

Irmã Anayde, que estava em Belo Horizonte para tratamento de saúde, faleceu às seis da manhã. Seu corpo será trazido para Caratinga, onde será velada na Casa Central das Irmãs Gracianas, situada na Rua Coronel Antônio Saturnino – Antiga Rua da Cadeia, número 277, Bairro Esperança, a partir das 18 horas desta quarta-feira.

 

O sepultamento acontecerá amanhã, quinta-feira, 28 de junho, no Cemitério São João Batista, também em Caratinga.

 

A religiosa, que completou 80 anos no último mês de maio, é natural de Vieiras, MG. Foi uma das primeiras irmãs gracianas, entrando para o Instituto das Missionárias de Nossa Senhora das Graças, no dia 26 de novembro de 1951 e realizando sua primeira profissão religiosa no dia 25 de março de 1957.

 

Foram 61 anos de doação à Igreja, ao Instituto e às comunidades, tendo trabalhado em São Francisco do Glória, Vermelho Novo e Caratinga, servindo em diversas atividades apostólicas nas paróquias por onde passou, além da dedicação ao magistério. Trabalhou ainda na Cúria Diocesana e na Livraria Dom Carloto. Nos últimos anos, dedicou-se com muito amor aos arquivos e à história do Instituto, chegando a escrever aos livros “Padre Bruno Konrad List e sua obra” e “Amor e doação”, que trazem as biografias de padre Bruno e irmã Rosa, seus fundadores.

 

A diocese de Caratinga se faz solidária com o Instituto das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora das Graças e rende graças a Deus pelo mais de 60 anos de presença missionária de irmã Anayde junto à nossa Igreja.

Mitra Diocesana de CaratingaPraça Cesário Alvim, 156Caratinga - MG35.300-000 - (33) 3321-4600