Morre aos 81 anos bispo emérito de Osasco (SP)

Autor Redacao | Data 30 de outubro de 2019



Morreu na madrugada desta quarta-feira, 30 de outubro, no Hospital da Luz, Município de São Paulo, o bispo dom Ercílio Turco, bispo emérito de Osasco (SP). O bispo tinha 81 anos e lutava contra um câncer. Ele estava internado desde o dia 19 de outubro.

A primeira missa será celebrada nesta quarta-feira (30), às 11h, na Catedral Santo Antônio, e será presidida pelo bispo de Osasco (SP), dom João Bosco Barbosa de Sousa. Durante o velório haverá missa de 2 em 2 horas. O sepultamento será nesta quinta-feira (31), na cripta da Catedral, logo após a missa das exéquias, que será celebrada ás 10h, pelo cardeal dom Odilo Scherer, arcebispo metropolitano de São Paulo.

Trajetória

Dom Ercílio nasceu em Campinas (SP), em 13 de março de 1938. Filho de Francisco Turco e Ignez Canossa Turco, foi ordenado sacerdote em Campinas, no dia 1º de dezembro de 1963. Em novembro de 1989, foi nomeado, pelo papa João Paulo II, o terceiro Bispo de Limeira (SP), sendo ordenado no dia 04 de fevereiro de 1990, por Dom Gilberto Pereira Lopes, Arcebispo Metropolitano de Campinas, tomando posse em 08 de fevereiro de 1990. Escolheu como lema de seu episcopado: Evangelium Dei Evangelizare (Anunciar o Evangelho de Deus) colocando a evangelização como prioridade de seu serviço episcopal.

Dom Ercílio Turco foi transferido pelo papa João Paulo II para a diocese de Osasco em 24 de abril de 2002, onde ficou até 14 de abril de 2014, quando se tornou emérito. Neste período, se dedicou a uma vida intensa de oração e celebrações em paróquias da diocese.

O bispo sempre se preocupou com a formação teológica e pastoral dos agentes leigos e leigas, criando três Escolas Diocesanas. Em setembro de 1994, lançou a pedra fundamental do Centro Vocacional Diocesano, que acolhe os jovens do ensino médio e do Ano Propedêutico, cuja inauguração oficial e bênção litúrgica aconteceu em 12 de setembro de 1996. Dom Ercílio criou, também, em 21 de março de 1992, o Serra Clube de Limeira, para apoiar o trabalho vocacional.

No Regional Sul 1 da CNBB, que abrange o Estado de São Paulo (SP), era membro da Comissão Representativa do Regional; responsável pelas CEBs; membro da Comissão de Acompanhamento dos Formadores e Seminários; membro do Conselho Fiscal e Responsável pela Pastoral da Educação no Sul 1. Em 2008, foi eleito como vice-presidente do Regional.

A presidência da CNBB enviou nota de condolências ao bispo de Osasco (SP), dom João Bosco Barbosa de Sousa.

Nota de Condolências da CNBB pelo falecimento de bispo dom Ercílio Turco

Brasília-DF, 30 de outubro de 2019

Prezado irmão, dom João Bosco Barbosa de Sousa, bispo de Osasco (SP)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta seu pesar pelo falecimento do bispo dom Ercílio Turco, bispo emérito de Osasco (SP), na madrugada desta quarta-feira, 30 de outubro. Ao senhor, aos familiares e a todo o povo de Deus desta Igreja Particular, queremos nos unir em oração e em solidariedade, fazendo memória deste nosso irmão.

Dom Ercílio se destacou pela preocupação com a formação teológica e pastoral dos agentes leigos e leigas, criando três Escolas Diocesanas.

Com o povo de Osasco, louvamos a Deus por tantos frutos de sua atuação no decorrer dos 12 anos de pastoreio na diocese.

Enviamos o nosso abraço a todos e asseguramos as nossas orações pelo descanso eterno de dom Ercílio Turco.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Mitra Diocesana de CaratingaPraça Cesário Alvim, 156Caratinga - MG35.300-000 - (33) 3321-4600