Existe uma harmonia em tudo que foi criado

Autor Claudio Geraldo | Data 5 de dezembro de 2017



Estamos nos aproximando do Natal com o tema “Natal é harmonia”. Deus não criou nada desordenado, aliás, a obra da criação pode ser vista como um ato de organização de Deus. Deus organizou o caos primitivo. É verdade que Deus criou tudo do nada. Quem criou aquela “singularidade”, aquela semente do universo que depois explodiu (o chamado Big Bang) e foi gerando tudo que existe hoje ao longo de 13,2 bilhões de anos? É lógico que foi Deus.

 

A Bíblia fala da criação de modo simbólico, parabólico, comparativo. Fala do jeito que o povo podia entender em seu tempo. A ciência faz pesquisas concretas. O resultado é o mesmo. Uma mente poderosíssima de uma sabedoria infinita projetou, organizou e criou tudo que hoje existe. A criação, assim, é uma obra de organização, é um belíssimo projeto de Deus. A Bíblia diz que Deus foi separando as águas de cima das águas de baixo, foi fazendo aparecer o elemento sólido, etc, etc.. O importante é saber que Deus não apenas está na origem de tudo, mas ainda continua criando. A carta aos Colossenses diz que o Universo subsiste em Cristo.

 

Curta, querido leitor, de joelhos no chão, em adoração a Cristo, com este versículo (“Tudo foi criado por Ele (Cristo) e para Ele, Ele é anterior a tudo e Nele tudo tem a própria consistência” (Cl 1,17 – “ Bíblia do Peregrino”). Se lermos a “Bíblia Pastoral”, vamos encontrar outra tradução mais interessante: “…Tudo foi criado por meio Dele e para Ele. E agora vem o v. 17: “Ele existe antes de todas as coisas E TUDO NELE SUBSISTE”. Tudo depende de Cristo. Fantástico, não é?.

 

Mas o que eu gostaria de salientar é que tudo o que o Pai criou, através da Palavra (que é Cristo) tem sua razão de ser e tudo é interdependente. Bioma é uma comunidade de vida. E existem inumeráveis biomas no nosso planeta. Isto significa que cada coisa criada no nosso Universo depende uma da outra, e, pensando no nosso minúsculo planeta Terra, nossa mãe terra, a interdependência é muito visível.  Uma vida depende da outra como você dependeu de seus pais para ler o meu artigo. De onde viria o mel se não existissem as abelhas? Como as abelhas poderiam fabricar o mel se não existissem as flores e assim por diante. Cada coisa tem sua razão de ser, cada vida depende de outra. Os animais carnívoros dependem de outros animais para sobreviverem. Nós dependemos de animais e plantas, dependemos do ar, da água, da terra, dos minerais, etc. Existe uma harmonia que só uma mente sapientíssima poderia criar.

 

Agora, vem uma coisa triste. A obra prima de Deus que é o homem está desarmonizando tudo por causa da cobiça do dinheiro, do mercado financeiro. Ou colocamos um fim a esta cadeia diabólica (que divide tudo) gerada pela ganância dos poderosos com os agronegócios ou a cadeia simbólica (que leva à comunhão) da interdependência de tudo vai fazer o nosso “planeta azul”, nossa casa comum, desabar sobre nós. O jardim que Deus criou para nós não dará mais flores nem frutos.

 

Permita-me mais uma frase triste: já estamos sentindo profundamente, visivelmente, os efeitos deletérios, destrutivos da ação das grandes corporações, das grandes fortunas dos poderosos insaciáveis; efeitos maléficos no ar, nas águas, nas florestas, nos alimentos, etc. A harmonia da criação divina foi tocada pela mão humana destruidora. O homem está comendo do fruto da árvore do paraíso, que Deus tinha proibido comer.

 

Existe uma solução? Sim. Nossa esperança de que “um outro mundo é possível não terminou. Você pode não acreditar, mas os pequenos vencerão. Lembre-se: foi Davi que matou o gigante Golias. Além disso: o Natal está chegando.

 

Dom Emanuel Messias de Oliveira

Bispo diocesano de Caratinga

Mitra Diocesana de CaratingaPraça Cesário Alvim, 156Caratinga - MG35.300-000 - (33) 3321-4600