Coração de Jesus Paciente e Misericordioso

Autor Claudio Geraldo | Data 26 de junho de 2019



A espiritualidade e mística, do Sagrado Coração de Jesus, sempre configuram uma fonte e um manancial onde haurimos o amor puro, plenamente humano, cheio de ternura, compreensão e misericórdia. Escolhi este ano, para meditação, a invocação: “Coração de Jesus Paciente e Misericordioso”! Numa sociedade centrada na rapidação e velocidade de processos e busca de resultados, ser paciente para escutar, ver, compreender, é um grande sinal de misericórdia.

 

Mais, tratar de não submeter os outros a nossos ritmos, idéias e preferências, mostra delicadeza e ternura de coração. Uma sociedade que se diz eficiente, mas elimina pessoas como problemas, e acredita que a discussão democrática, que envolve a todos uma perda de tempo, revela a falta de tolerância, respeito e empatia. Redes sociais tribalistas que, antes de tratar de entender com generosidade as falas e pensamentos dos outros, partem para a narrativa de ódio, etiquetando como inimigos os que não partilham a sua visão tornam a convivência não só difícil, mas cada vez mais encolhida e acuada.

 

O Coração de Jesus nos ensina a sair de nós mesmos, para servir a todos, convertendo em amigos nossos oponentes, ou aqueles que nos desprezam, nos estimula a investir a fundo perdido na cura e restauração de pessoas que ficaram reféns do ódio ideológico, racista ou por qualquer forma de discriminar os seres humanos. A paciência, essa virtude pequena, tão rara quanto necessária, faz a grande diferença gerando confiança, abertura de espírito, mansidão e tranqüila espera, deixando para o outro a iniciativa, a voz principal e a segurança de sentir-se compreendido e amado. A política da prudência e da paciência, longe de ser medrosa e pusilânime, encoraja o diálogo, o consenso de valores e nos leva acreditar na reserva de bondade e de esperança que todos carregamos. Quando abrimos mão da paciência, deixamos inevitavelmente de sermos misericordiosos, tolerantes e compreensivos, caindo na pressa que tritura pessoas, famílias e cidades.

 

Que o Bom Jesus nos forme sempre nesta escola da paciência amorosa, cordial e solidária especialmente com nossos irmãos pequenos, pobres e sofredores. Deus seja louvado!

 

 

 

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

Mitra Diocesana de CaratingaPraça Cesário Alvim, 156Caratinga - MG35.300-000 - (33) 3321-4600